Lehrenkrauscafe Forums Lehrenkrauscafe Forums Lehrenkrauscafe Forums
  #31  
Antigo 26-07-2023, 9:45
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão Uma alteração de segurança curiosa… (O grande irmão cuida de ti...)

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_2808.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 90,3 KB
ID:	58957

Uma alteração de segurança curiosa…
(O grande irmão cuida de ti...)


Até aqui os carros não se queixavam se os passageiros de trás não colocassem o cinto de segurança.

Aliás eram até bastante requintados… Explicando melhor…

Se o passageiro que se sentasse atrás não pusesse o cinto de segurança, não se passava nada!

Mas se este o colocasse, e a seguir o tirasse, então disparava um alarme, avisando o condutor de que o “miúdo” havia tirado o cinto.

Actualmente se viajar alguém atrás e não colocar cinto… o alarme não se cala…

O Grande Irmão está atento e protege-nos em qualquer idade…


Uma história…

Tenho um colaborador meu que arranjou um fecho de cinto (sem cinto) e que o coloca para resolver o problema enquanto condutor. Cabe esclarecer que não se trata de um inconsciente… É um homem que trabalha no campo e percorre alguns kms em caminhos privados, a muito baixa velocidade, e que tem constantemente estar a parar e a sair da pick-up para trabalhar…
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #32  
Antigo 26-07-2023, 9:56
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão Abertura da Bagageira (Feita para pessoas altas)

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_2809.jpg
Visualizações: 1
Tamanho: 96,7 KB
ID:	58958

Abertura da Bagageira

(Feita para pessoas altas)


A foto acima foi tirada no parque de estacionamento do Modelo.

A Tampa da bagageira abre a uma altura muito significativa, criando decerto problemas a quem é mais baixo. Eu tenho 1,76 m. e o resultado está à vista.

Na garagem não a consigo abrir completamente, pois bate no portão. Tenho que a segurar com uma mão, e com outra tiro pretendido. No entanto a regra é não abrir a bagageira na garagem.

Ok… Não vou falar do Zoe que não tem esse problema, mas vou falar de uma Citroen Picasso que tive. Esta abria até a uma altura razoável, e se quiséssemos mais altura, forçávamos a subida mais 20 cm. Era um sistema perfeito.
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #33  
Antigo 28-07-2023, 19:31
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Travões 1.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 89,7 KB
ID:	58967

TRAVÕES

Os travões do ID.5 são algo que eu não me dou conta que exista em mais carro nenhum.

O curso do pedal e muito extenso, e em caso de travagem de emergência, perde-se uns décimos de segundo que pode ser a diferença entre o nada acontecer e o acidente. Acredite que de acordo com a minha experiência (que é alguma), isto é um problema de segurança real.

Não se trata de falta de potência de travagem, mas sim do tempo que ela demora a efectuar-se.

Há uns quinze dias viajando na A1, no Arteon, com cruise control activado, ultrapassando um carro que seguia atrás de um camião, este de repente decidiu iniciar a ultrapassagem ao camião, e atirou-se literalmente para minha frente. A diferença de velocidades estaria a rondar os 40/50 kms por hora. Foi pôr travões a fundo (o ABS fez o seu trabalho), e fiquei à espera do impacto, já que só via o outro carro praticamente ao nível da parte superior da porta e vidro lateral. Literalmente foi por milímetros.

É pois, numa situação que descrevo atrás, ou outra, que os travões do ID.5 podem não ser suficientemente rápidos a exibir a sua potência máxima.

A maioria dos clientes até nem achará grande problema, pois nós habituamo-nos ao tacto do pedal. Só que o factor tempo é uma questão física, e aí falha.

As razões, para longo curso do pedal, não as sei. Mas imaginando, dá sensação que na primeira parte unicamente faz regeneração, e depois, lá mais abaixo, é que trava efectivamente.

O carro no modo “B” reage bem. Mas sem o modo “B” actuado ele regenera uma insignificância. Digamos que vai a velejar…

Outra coisa que me surpreende num carro deste nível é a utilização de tambores nas rodas traseiras.

Até acredito que com a regeneração, a utilização dos travões nos carros eléctricos é diminuta, e que aquele tipo de travões seja suficiente. Mas é uma tecnologia antiga, menos fiável na distribuição da travagem, embora a electrónica esteja lá para resolver o problema.

Mais uma vez é uma solução Low Cost. A Dacia utiliza-a nalguns dos seus modelos.

Como sempre refiro-me ao Zoe… É muitíssimo potente em travagens de emergência, com um excelente tacto, e… tem 4 travões de disco!


Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9559.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 88,7 KB
ID:	58968
Sem qualquer dúvida... Travões de tambor no eixo traseiro
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #34  
Antigo 02-08-2023, 16:39
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9546.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 97,1 KB
ID:	58969

"Pobreza Franciscana"

Num carro em que se fossem debitados impostos de matrícula equivalentes a um carro com motor térmico, custaria na casa dos 75000€, está repletos de falhas de equipamentos úteis.

Se em vez de coisas como ID Light, a animação dos farolins traseiros quando se abre a porta, tivesse coisas úteis (algumas antigas reconheço) era bem mais simpático para mim. Mais tomadas USB, uma tomada de isqueiro (que só tem na bagageira), e até um leitor de CD no porta-luvas, era muito mais acertado.

Outro dia li que um Dacia Duster tem 2 tomadas USB à frente e 2 atrás. A isso junta uma tomada de isqueiro à frente e outra atrás…

O sistema de som apresenta um retrocesso em relação aos VW que se vendiam à 5 anos. Mas sobre isso falaremos noutro tópico.


Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9549.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 96,3 KB
ID:	58970
Tomada de isqueiro só na bagageira.
A existência de um compressor a isso obriga
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #35  
Antigo 13-08-2023, 18:31
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão

Organização das músicas em suporte de pen USB/C


Este é um dos aspectos que mais me toca pessoalmente, e acredito que a outras pessoas não lhes seja tão importante.

Eu tenho digitalizada em mp3 todos os CD’s que tenho… e são bastantes… que tenho num disco SSD!

Por outro lado tenho uma pen com uma longa playlist que (+/-40Gb) que ouço em modo aleatório (por título), e que faz numa viagem uma passagem por todos os tipos de música que eu gosto.

Cabe aqui explicar que eu não adiro a esse conceito “de não ter nada e se feliz – porque está tudo disponível”. É um conceito que é perigoso, em especial quando um qualquer “grande irmão” decide retirar a música ou o álbum. Sei que é antiquado, mas tenho fortes razões para pensar assim…

A isto tudo junta-se uma outra coisa interessante para quem faz grandes viagens sozinho. Os audio-book. Em viagens grandes eu coloco alguém a ler uma obra para mim, ou, até às vezes, programas que converto em Mp3, e vou ouvindo.

O que acontece no T-Roc e no Arteon

Ouço a minha playlist habitualmente, e quando quero ouvir algum álbum especial, vou buscá-lo ao SSD, como de uma “prateleira” se tratasse. Os áudio-book também aí estão…

Assim, numa viagem, no caso dos áudio-book, quando esta entre num troço largo, acciono o suporte SSD, e este vai começar no ponto em que ficou da última vez. Alguns áudio-book demoram 10 horas…

Quando me aproximo do fim da viagem, coloco rádio, ou a minha playlist. No regresso da viagem procedo de igual forma.

Prático e lógico…

Como é no ID.5?

Vou valer-me de algumas fotos (de fraca qualidade, diga-se):



Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9597.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 92,9 KB
ID:	58973
Como normalmente, vai-se seleccionar a fonte...

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9598.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 92,0 KB
ID:	58974
... e dá isto.
Selecciona-se "os meus média"...

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9599.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 93,1 KB
ID:	58975
E volta apararecer isto... E nunca mais saíamos daqui.
Então o meu filho reparou que o botão do retrocesso (chamemos-lhe assim)...

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9600.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 91,4 KB
ID:	58976
Este...

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9601.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 92,2 KB
ID:	58977
Lá apareceu algo diferente... Voltámos a carregar...

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9602.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 94,3 KB
ID:	58978
Ah! cá está no último lugar...




No T-Roc ou no Arteon, quando se carrega em Fontes, elas aparecem todas e só escolher.
Mais... A reprodução começa no sítio em que foi interrompida... Imaginam o jeito que isto dá quando se interrompeu um audio-book, ou um album especial que estávamos a ouvir!

Conclusão: - No meu caso pessoal não consigo ter a funcionalidade que tinha…
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #36  
Antigo 13-08-2023, 18:50
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9606.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 97,8 KB
ID:	58979

Ainda a climatização…

Há coisas hoje que pela categoria do carro, ou pelas evidências, nós deduzimos que estão disponíveis.

A climatização bi-zona é uma delas! Uma coisa que está disponível em carros como T-Roc

Por outro lado o carro possui um botão de cada lado (irritantemente sensível ao toque e não iluminado à noite, pasme-se). Deduz-se que o mesmo acontece. Mas não…

Admito que em algumas versões poderá está disponível, mas nesta que custa 56.000€ (isenta de impostos de matriculação, note-se) não está, por ser um carro demasiado básico.

Curiosamente tem disponível aquecimento de volante, extra que bastante aprecio.

Mas vamos às fotos…


Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9607.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 99,1 KB
ID:	58980
Como se pode observar só indicada uma temperatura, ao centro.
Pressionando qualquer dos botões de temperatura (quer o da esquerda quer o da direita) ela altera só essa temperatura. O carro em qualquer display só tem um local para a temperatura seleccionada (em vez de dois).
Concluo pois não ter uma climatização bi-zona.
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #37  
Antigo 15-08-2023, 18:50
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Sem Título.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 91,9 KB
ID:	58982

Conclusão das Conclusões

Na verdade eu devia ter suspeitado, ao ouvir o som da buzina, que estava perante um carro em que a poupança era a “pedra de toque”, atendendo que é um carro concebido para fazer viagens de estrada (as suas dimensões exteriores e interiores assim o reflectem).

Acontece que em casa há três carros da marca. Carros que me deixam completamente satisfeito, e, consequentemente, fiel à marca. Situação que se alterou profundamente com esta última aquisição.

O ID.5 lembra-me os chocolates Regina. Tem a mesma marca, algumas apresentações são iguais, mas não é a mesma coisa.

Há detalhes, que por não estar completamente seguro, não refiro aqui.

Um deles, é aquele que, quando se tira as mãos do volante, ele pede para as colocar. E se não se colocam, ele diz, desligando a electrónica (assistência de faixa de rodagem, etc.) simplesmente “assuma a direcção”.

Se você teve um desmaio qualquer, sai de estrada à velocidade programada no cruise control. Até agora, quer no T-Roc quer no Arteon o que acontecia é que ao fim de algum tempo, sem colocar-mos as mão no volante, dava uma “travadela”, coisa que repetia se a situação se mantinha, e a seguir (nunca testei, mas li sobre isso) o carro ligava os 4 piscas e imobilizava-se, presumindo que o condutor tinha perdido a consciência de uma forma irrecuperável. TODAVIA ESTE CASO PODE SER UM EM QUE EU, AO DESLIGAR ALGUMAS OPÇÕES, ELA POSSA ESTAR NALGUM “Pacote” QUE DESLIGUEI. Se assim não for... é muito mau.

A compra deste carro foi motivada, como já disse, pelas experiências com os carros anteriores (foram todos comprados em 2018 - não são assim tão velhos) e na informação que recolhi na própria imprensa (escrita e audiovisual).

Sei que a imprensa raramente é contundente nas suas apreciações menos positivas. A vida dela obriga uma certa condescendência com quem lhe empresta os carros para testar, gerando consequentemente conteúdos para as publicações. Por outro lado esses órgãos de informação também vivem com a publicidade que neles é feita. Temos pois naturalmente criada uma relação perigosa entre o fabricante e informadores/testadores.

O resultado final é uma opinião deficiente e castrada, que prejudica em última instância os leitores e/ou telespectadores, na formação da sua opinião de razão para o objecto final – a compra.

Se alguma dúvida houver a este respeito, basta ler o editorial da Revista Turbo, escrito pelo seu director - Júlio Santos - publicado no número do presente mês (Agosto 2023).

Pela minha parte comprei até hoje os carros da marca, pagando-os (fundamental para fazer viver toda a gente que deles depende), e tenho todo o direito de exprimir a minha opinião, fundamentada com a ajuda de imagens, comparando o produto com o outro eléctrico que possuo (Renault Zoe), e principalmente com os carros da marca que dormem cá em casa.

Sem prejuízo de colocar mais alguma coisa que encontre, e de corrigir alguma imprecisão ou erro que tenha cometido, espero ter sido útil aos possíveis compradores, e à marca, que talvez não fosse descabido ouvir os clientes – gente fundamental para a sua sobrevivência.

Um abraço a quem teve a paciência de ler este longo escrito, também conhecido por “lenga-lenga” no Alentejo!
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #38  
Antigo 29-11-2023, 10:22
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão

Uma História


Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9527.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 94,3 KB
ID:	58984

Relacionado com aquilo a que chamo “uma das ideias mais estúpidas da industria automóvel” – 2 botões + 1 para comando dos 4 vidros, em vez dos normais 4 botões – a história foi real e aconteceu numa das primeiras viagens que fiz.

Ao entrar num parque de estacionamento, abro vidro para retirar o ticket. Ele não abriu, eu insisti, e na segunda tentativa funcionou.

Fechado o vidro, guardado o ticket, fomos às compras.

Quando regressei fiquei surpreendido por o vidro traseiro se encontrar aberto. Dado tratar-se de um sítio seguro (e de grande reputação nesse sentido), percebi de imediato o que se tinha passado.

Quando na escuridão tacteei para encontrar o botão para descer o vidro, toquei no botão (que é tipo touch) do comutador (inadvertidamente) que faz frente/trás. Quando vidro não abriu, ele na realidade estava a abrir o de trás. Quando eu insisti, toquei novamente no comutador outra vez (inadvertidamente) e ele passou a comandar os da frente e eu fiz a operação, sem me aperceber do que se havia passado…

Um alerta para quem tem carros que esta engenhosa, e iluminada, funcionalidade.



Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_9535.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 94,9 KB
ID:	58985

Uma das coisas que reparei neste volante é que ele não dispõe de um botão para atendimento de telefone. Coisa que quase todos os carros têm, e o Zoe também.



EXTENSÃO DE GARANTIA

Depois de muita conversa e tempos de espera (meses), fui informado que a VW não está a pensar praticar extensões de garantia. Não sei se em todos os modelos, se só nos eléctricos.

É a prova provada que VW reconhece de que os seus produtos deixaram de ser confiáveis.

Um Toyota que comprei com 7 anos de garantia, a mesma, foi aumentada para 10 anos.

Mais, o Renault Zoe que foi vendido como semi-novo trazia gratuitamente uma garantia de 5 anos ou 100.000 kms. Para além disso, neste caso em ambos, têm uma garantia de 8 anos ou 160.000 kms nas baterias

Cabe a cada um tirar as suas conclusões
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #39  
Antigo 24-12-2023, 14:20
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_3018.jpg
Visualizações: 1
Tamanho: 93,4 KB
ID:	58989

História de um Carregamento Rápido

Esta era a tarifa aplicada no posto!
Entretanto a EDP já deu a conhecer que no próximo ano baixará 30% o custo da energia nos carregadores.
Para ver em termos práticos, o que vai suceder.


Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_3015.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 89,8 KB
ID:	58990
Colocado a carregar o mostrador do carregador apresentava o que se lê.
- Estava a carregar a pouco mais de 13 minutos.
- Já tinha carregado quase 20 Kvh.
- A velocidade de carregamento ultrapassava os 96 kv (este dado flutua).


Clique na imagem para versão maior

Nome:	 IMG_3017.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 89,4 KB
ID:	58991
O painel no interior da carro mostrava o que se vê.
Curioso é mesmo conseguir-se ver a barra do carregamento a avançar.
O mostrador indica que, em termos teóricos, estou a carregar 10 km./minuto.
Acabei por carregar só até aos 77% e parei a carga.
Fiquei com a sensação de ter estado cerca de 20 a 25 à carga.
O relatório vai ficar algo incompleto, pois falta a fatura. Talvez a coloque quando a receber.


FATURA

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 001.jpg
Visualizações: 1
Tamanho: 91,1 KB
ID:	59004
O rosto da fatura diz-nos qual vai ser o nosso débito (para estarmos preparados), e explicativo sintetizado do valor base e do IVA

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 002.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 88,6 KB
ID:	59005
Aqui já é mais complicado...
- Começa pelo valor do carregamento (30,22 Kvh x 0,3091€) que sofre uma redução de 10%, creio que por este cartão ter uma parceria EDP/UVE
- Depois aparece uma tarifa EGME, aplicável ao CEME (adoro estas siglas - fazem-me sentir europeu) no valor de 0,2608€, que traduzido para uma linguagem corrente é a vulgar "bandeirada" como nos táxis.
- Segue-se um apoio financeiro aos UVE, evocando o decreto que o regulamenta, em que nos é "devolvida" a importância é de 0,19€.

TARIFAS OPC

É um conjunto de valores cobrado pelo fornecedor/proprietário do posto que se compõe de 3 parcelas:
- Tempo (minutos x 0,20€)
- Energia (fornecida), em que se cobra 0,15€ por Kwh abastecido - neste caso foi pouco mais de 30.
- Ativação - que é mais uma "bandeirada" por fornecimento.

TAXAS E IMPOSTOS

Mais uns centimos para alegrar...

COMENTÁRIO SOBRE ESTA PÁGINA

O maior destaque vai para o valor do Kwh, e que nos conjuntos dos dois intervenientes é cobrado 0,45€/Kwh.
Temos pois que com o consumo que fizemos a velocidades de AE, sai mais barato andar a diesel. Isto se os abastecimentos fossem sempre efectuados em postos públicos (o que de um modo geral não acontece).


Clique na imagem para versão maior

Nome:	 003.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 85,8 KB
ID:	59006
Este é o resumo da factura onde se somam os valores cobrados pelo fornecedor de energia + os valores cobrados pelo proprietário do posto.
O curioso destes valores é que os intervenientes dividem quase 50/50 o valor que o utente paga.
Se fizerem incidir o IVA sobre o valor total, vão reparar que é cobrado menos cerca de 1€. Devem ter a ver com algum bónus que é retirado.
De todos as formas a fatura devia ser mais clara nesse sentido.


Clique na imagem para versão maior

Nome:	 004.jpg
Visualizações: 0
Tamanho: 84,5 KB
ID:	59007
Esta página está destinada à Politica, Propaganda e Exaltação Ambiental (sempre duvidosa)
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
  #40  
Antigo 24-12-2023, 15:24
Avatar de Diácono Luís
Diácono Luís Diácono Luís está offline
Fundador
 
Data de Entrada: Sep 2008
Mensagens: 26.280
Padrão

CONSUMOS
Um V8 americano, elétrico
Parte 1


O ID.5 faz-me lembrar muito os carros americanos. Andam pouco, gastam muito, são pesados e confortáveis, e andam bem a direito e/ou Autoestrada. Na condução mais empenhada nota-se muito o peso que o carro apresenta.

Mas passando aos consumos, o "caderno de encargos" era o ir do Alentejo a Lisboa, andar e por lá, e regressar sem ser preciso carregar.

O carregamento que está colocado no post anterior, foi facultativo! Mas por outro lado permitiu fazer um teste diferente, que darei conta noutro dia (parte 2).

A autonomia no final iria rondar os 450 kms. Nada mau se tivéssemos ido a velocidades de 130/140 kms./hora, que num VW Arteon tem um consumo de Diesel de 5/6 litros por cada 100 kms.

Cabe dizer que no Inverno (com frio) o aquecimento de conforto é extremamente penalizador da autonomia.

Então como fizemos, para conseguir os estimados 450 kms. de autonomia?

1 - Não ultrapassamos os 100 kms./hora em todo o percurso.
2 - Utilizamos a reciclagem do ar, por forma, pelo menos em teoria, mantendo a temperatura do ar interior. No fundo aquecer o que já não está propriamente frio.

Resultou em pleno. Mas andar na AE a 100 kms. por hora... não é razoável!
__________________
Não há idades… porque todos somos meninos perante e beleza e a sedução de um Porsche
Responder com Quote
Responder

Opções do Tópico
Modos de Exibição

Permissões
Você não pode abrir novos tópicos
Você não pode inserir respostas
VocÊ não pode anexar ficheiros
Você não pode edita suas mensagens

BB code é Ligado
Smilies estão Ligado
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado

Ir para...


Horários baseados na GMT. Agora são 22:06.

Direitos Reservados 2009 – www.lehrenkrauscafe.com - O site "LEHERNKRAUSCAFE" e o seu conteúdo, é um site não comercial, de entusiastas, e NÃO é Patrocinado, associado, aprovado, endossado ou de nenhuma forma afiliado com ou pela Dr.Ing. h.c. F.Porsche AG ("PAG"), ou qualquer uma das suas Subsidiárias ou representantes. PORSCHE - PORSCHE CREST - PORSCHE DESIGN - CARRERA - TARGA - TIPTRONIC - PORSCHE SPEEDSTER - VARIORAM - CVTIP - VARIOCAM - BOXSTER - CAYENNE - CAYMAN - TEQUIPMENT - VARRERA - PCM - RS - 4S - PAN AMERICANA - TECHNORAD - PORSCHE BIKE S - PORSCHE BIKE FS - P AND DESIGN - 911 - 356 - 959. THERE IS NO SUBSTITUTE e outros nomes de produtos Porsche, números de modelo, logótipos, símbolos comerciais, nomes de marca, e lemas, são marcas registadas e as formas distintas do automóveis Porsche são propriedade da PAG e estão protegidas pelas leis internacionais de marcas. Todas as fotografias e outros conteúdos neste Site foram obtidas através de canais aprovados ou do domínio público e não tencionam infringir nenhum direito reservado. Caso Você acredite que por qualquer razão este Site possa estar acidentalmente em violação dos seus direitos reservados, contacte-nos e removeremos os respectivos conteúdos de forma imediata.