Lehrenkrauscafe Forums Lehrenkrauscafe Forums Lehrenkrauscafe Forums
  #21  
Antigo 03-12-2016, 22:24
Avatar de Rambo
Rambo Rambo está offline
Membro RS
 
Data de Entrada: Apr 2009
Local: O.Azemeis
Mensagens: 5.990
Padrão Soichiro Honda

Citação:
Tópico Aberto originalmente por Rambo Ver Mensagem
Anexado 56229
Soichiro Honda

»

Anexado 56228

Há certos slogans que para serem entendidos é necessário viajar um bocadinho no tempo.. neste caso ao do fundador da marca, Soichiro; e nem vale a pena perdermos muito tempo com palavras, pois os filmes que vou publicar a seguir são + do que prova disso.
Como já foi referido, Hailwood pilotou para várias marcas, mas a Honda foi sem dúvida a mais importante, tal como ele próprio se referiu à RC-166 (o Little-Bastard das motos) com que venceu o campeonato do mundo de 1966 e 67 na classe de 250cc; de longe a melhor moto que pilotei/experimentei.. de facto esta "coisa" como lhe chamaram.. e apesar dos seus parcos 250cc tem 6 cilindros e 60cv às 18.000rpm...

Ora vejam

http://youtu.be/4SkyAnVIChE

http://youtu.be/FGu-N3sF6Jw


Anexado 56230



»»
Anexado 56231
Mike Hailwood e a RC-166 na ilha de man e a sua inovadora posição de condução (na altura) "pernas de sapo"

Uma curiosidade..

Recentemente (há uma dúzia de anos) o Ceo da Honda encarregou o departamento de competição (HRC) de replicar os principais modelos de corrida desta altura (criados por Soichiro) nomeadamente para fins promocionais e como tardavam em aparecer... certo dia o homem aparece por lá (HRC) para vêr como estavam a decorrer os trabalhos..

- Atão hombres.. as motas?
- Quais motas?
- As réplicas..
- Man... não sabemos.. nem sequer percebemos como é que o Hom(da)em conseguiu fazer isto com a tecnologia que tinha à sua disposição... nem a copiar conseguimos replicar estas máquinas do demo... (Soichiro deixou poucos escritos relativos às suas criações.. nomeadamente que ligas usava entre outros) assim do tipo.. quando meterem isto a trabalhar.. haveis de vos lembrar de mim!... ...

Pelo que apurei (não foi muito) existem sómente um ou dois exemplares de cada modelo desta grande colheita (foram meia dúzia de anos da sua vida dedicados em exclusivo à competição) que foi a herança de Soichiro à engenharia mecânica, ou deverei dizer antes relojoaria mecânica... vou deixar aqui mais um ou dois exemplares dessa colheita, a começar pela RC-149, uma moto de competição com 125cc a quatro tempos e 5 cilindros... ... imaginem só o tamanho das válvulas dum cilindro com 25cc... men isso não é engenharia.. é rolojoaria...


https://youtu.be/8MRiPJBFEKA


Aqui o não menos famoso RA-272, um V-12 com 1500cc

https://youtu.be/nv-PMPdtgEA

Última edição por Rambo : 03-12-2016 às 23:01
Responder com Quote
  #22  
Antigo 24-01-2017, 22:56
Avatar de Rambo
Rambo Rambo está offline
Membro RS
 
Data de Entrada: Apr 2009
Local: O.Azemeis
Mensagens: 5.990
Padrão

Citação:
Tópico Aberto originalmente por Rambo Ver Mensagem
a começar pela RC-149, uma moto de competição com 125cc a quatro tempos e 5 cilindros... ...


https://youtu.be/8MRiPJBFEKA

[/url]

125cc e 34cv... ... isso dá uma potência específica de 272cv/litro... .... (por 1000cc)

Um 991 GT3-RS tem 125cv por cada 1000cc... vem isto a propósito das marcas (Honda incluída) estarem a substituir os motores atmosféricos (será que já se atingiu o topo do desenvolvimento desta tecnologia?) pelos motores Turbo..
No mínimo dá que pensar!

Última edição por Rambo : 24-01-2017 às 23:45
Responder com Quote
  #23  
Antigo 24-01-2017, 23:52
Avatar de Rambo
Rambo Rambo está offline
Membro RS
 
Data de Entrada: Apr 2009
Local: O.Azemeis
Mensagens: 5.990
Padrão Cultura Japonesa

Um texto curioso que apanhei na net de Soichiro Honda a "abrir as hostilidades" ao "maravilhoso" mundo da competição..


Por altura da primeira participação da Honda nas corridas da Ilha de Man
Declaração de intenções de 1954
Declaração

Passaram cinco anos desde a fundação da Honda Motor Co., e eu nunca deixei de reparar no esforço que todos os nossos empregados têm feito para contribuir para os nossos avanços.
Desde que era criança, um dos meus sonhos era competir em corridas de motos , da minha autoria, e para ganhar. No entanto, antes que eu me possa tornar um vencedor por todo o mundo, devo primeiro, claro, garantir a segurança do negócio, obter máquinas de precisão e equipamentos, e criar projectos de qualidade superior.
Tenho, portanto, vindo a dedicar-me inteiramente a estes pontos, e trabalhado para apresentar veículos superiores, práticos aos nossos clientes neste país.
Por conseguinte, eu não tive nenhum tempo livre para focar a minha energia para as corridas de motos até hoje.
Agora, no entanto, os relatórios sobre a recente corrida de internacional de motos, realizado em São Paulo forneceram-me informações detalhadas sobre a situação nos países da Europa e da América.
Eu tinha pensado que estava a ver o mundo com um bom grau de realismo, sem ser apanhado em ideias fixas, mas agora eu percebo que, afinal, eu tenho sido cego pelo meu sentimento excessivo para com o Japão na sua situação actual. Mesmo agora, o mundo está a avançar a uma velocidade tremenda.
Por outro lado, no entanto, como me senti sempre, estou cheio de uma confiança inabalável na vitoria. O espírito de luta que é de minha natureza já não me permite continuar afastado.
Agora que estamos equipados com um sistema de produção na qual tenho absoluta confiança, a oportunidade chegou. Cheguei à decisão de introduzir as corridas TT no próximo ano.
Nunca antes um japonês entrou nesta corrida com uma moto feita no Japão. Escusado será dizer que o vencedor desta corrida será conhecido em todo o mundo, mas o mesmo também é verdadeiro para qualquer veículo que complete toda a corrida de forma segura.
Diz-se, portanto, que a fama de tal façanha vai garantir um determinado volume de exportações, e é por isso que todos os principais fabricantes da Alemanha, Inglaterra, Itália e França se estão a concentrar nos preparativos com todas as suas forças.
Vou fabricar uma 250cc para esta corrida, e como representante da Honda Motor Co., vou enviá-la para a ribalta do mundo. Estou confiante de que este veículo pode atingir velocidades superiores a 180 km / h.
Nesta altura os motores dos aviões tem uma potência de cerca de 0,55 CV por litro, mas esta moto terá quase o dobro de poder, 1,00 CV por litro.
Quando o motor estiver completo com as bases da criatividade da empresa, não será exagero algum dizer que ele será posto nos mais altos níveis de engenharia de todo o mundo.

Desde os motociclos, uma estrela brilhante da pesada indústria moderna, sendo um negócio global, que exigirá o nível mais alto de engenharia, não só do motor mas também dos pneus, correntes, carburadores e outras peças. Para conseguir isto, deve ser apoiado por uma meticulosa atenção aos detalhes e esforço incessante.
Dirijo-me a todos os trabalhadores!
Vamos reunir toda a força da Honda Motor Co. para vencer e conseguir esta conquista gloriosa. O futuro da Honda Motor Co. depende disso, e o encargo recai sobre os seus ombros.
Quero que foque o seu entusiasmo nesta tarefa, supere todas as provações, dirija as suas capacidades de trabalho e pesquisa, para fazer deste o seu caminho. Os avanços obtidos pela Honda Motor Co. estão a crescer como seres humanos, e seu crescimento é o que garante à Honda Motor Co. o seu futuro.
O cuidado máximo que é exigido ao apertar um único parafuso, é o equivalente ao compromisso de não desperdiçar uma única folha de papel: estas são as bases para o futuro.
Felizmente, os nossos fornecedores externos, os nossos agentes, e os nossos bancos deram-nos a sua generosa cooperação. Estou, aliás, abençoado com os clientes que se juntaram a nós, também para ajudar a concentrar todo o nosso poder sobre este ponto.
Vejo que a Alemanha, embora derrotada na guerra como nós, tem muitas indústrias que estão a regressar, e sinto mais do que nunca que a Honda Motor Co. deve, acima de tudo, entrar nesta corrida e vence-la.
Devemos medir o verdadeiro valor da indústria de máquinas japonesas, e elevá-la a um ponto em que podemos mostrar com orgulho a todo o mundo. A missão da Honda Motor Co. é a de iluminar a indústria japonesa.

Com isso, eu anuncio a minha determinação e compromisso consigo, que vou colocar todo meu coração e alma, e toda a minha criatividade e habilidades para a tarefa de entrar nas Corridas TT e ganhá-las.
Isto eu afirmo.

Soichiro Honda
Presidente Honda Motor Co., Ltd.
Responder com Quote
  #24  
Antigo 25-01-2017, 0:00
Avatar de Rambo
Rambo Rambo está offline
Membro RS
 
Data de Entrada: Apr 2009
Local: O.Azemeis
Mensagens: 5.990
Padrão Cultura Japonesa ll

"Silence"

Estreou esta semana em Portugal + uma obra daquele que é uma lenda viva do cinema mundial.. Martin Scorsese, de seu nome "Silêncio" nome Português já que tem como pano de fundo a tentativa Portuguesa de cristianizar o Japão do séc.XVll, numa altura em que era proibida a imigração (de pessoas e religiões) naquele país iluminado pelo Budismo; é pena (a meu vêr) que os actores não falem Português (ainda que por momentos) uma vez que estão a representar personagens portuguesas; entre outros encontramos Liam Neeson no papel do padre jesuita português Cristovão Ferreira;

Vem isto a propósito da cultura japonesa que é onde pára neste momento este tópico e cujo filme ajuda entre outros a compreender um pouco essa cultura e principalmente os japoneses.

Resumidamente o filme mostra como os líderes japoneses lidaram com a situação.. por um lado os prevaricadores padres portugueses que passam (ao longo das 3 horas do filme) de professores (evangelizadores) a professados... (evangelizados), ou seja o caminho + difícil... decapitá-los teria sido mais fácil, mas não eficaz.. ao passo que os prevaricados (neste caso os japoneses convertidos ao cristianismo) esses sim (os doentes em si) eliminados/decapitados.

Não me vou alongar mais (pelo menos não tanto como o filme), mas vou deixar aqui um press-release do mesmo para eventualmente abrir o apetite a quem estiver interessado em vê-lo.

‘Silêncio’, o novo filme de Martin Scorsese, irá contar a história de dois portugueses: Baseado no livro homónimo do escritor Shusaku Endo, o filme foca-se em dois jesuítas portugueses que viajam para o Japão no século XVII – altura em que a perseguição aos cristãos obrigava-os a praticar a sua religião de uma forma clandestina.

“Eu queria fazer o Silêncio há mais de duas décadas e finalmente consegui”, disse, no ano passado, Martin Scorsese à revista Variety.

“Este tema é algo que sempre fez parte da minha vida. Para as pessoas que estão de fora é difícil entender o mundo em que eu cresci, o do catolicismo romano na Nova Iorque dos anos 1950. Fiquei tão impressionado que tentei fazer parte desse mundo, mas aos 15, 16 anos percebi que era muito mais duro e complicado do que eu tinha pensado… em termos de vocação”, disse o realizador.

Liam Neeson, Andrew Garfield e Adam Driver foram os atores escolhidos para entrar no filme, que será o mais longo da carreira de Scorsese – terá 3h15 de duração.

Última edição por Rambo : 25-01-2017 às 0:34
Responder com Quote
Responder

Opções do Tópico
Modos de Exibição

Permissões
Você não pode abrir novos tópicos
Você não pode inserir respostas
VocÊ não pode anexar ficheiros
Você não pode edita suas mensagens

BB code é Ligado
Smilies estão Ligado
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado

Ir para...


Horários baseados na GMT. Agora são 10:54.

Direitos Reservados 2009 – www.lehrenkrauscafe.com - O site "LEHERNKRAUSCAFE" e o seu conteúdo, é um site não comercial, de entusiastas, e NÃO é Patrocinado, associado, aprovado, endossado ou de nenhuma forma afiliado com ou pela Dr.Ing. h.c. F.Porsche AG ("PAG"), ou qualquer uma das suas Subsidiárias ou representantes. PORSCHE - PORSCHE CREST - PORSCHE DESIGN - CARRERA - TARGA - TIPTRONIC - PORSCHE SPEEDSTER - VARIORAM - CVTIP - VARIOCAM - BOXSTER - CAYENNE - CAYMAN - TEQUIPMENT - VARRERA - PCM - RS - 4S - PAN AMERICANA - TECHNORAD - PORSCHE BIKE S - PORSCHE BIKE FS - P AND DESIGN - 911 - 356 - 959. THERE IS NO SUBSTITUTE e outros nomes de produtos Porsche, números de modelo, logótipos, símbolos comerciais, nomes de marca, e lemas, são marcas registadas e as formas distintas do automóveis Porsche são propriedade da PAG e estão protegidas pelas leis internacionais de marcas. Todas as fotografias e outros conteúdos neste Site foram obtidas através de canais aprovados ou do domínio público e não tencionam infringir nenhum direito reservado. Caso Você acredite que por qualquer razão este Site possa estar acidentalmente em violação dos seus direitos reservados, contacte-nos e removeremos os respectivos conteúdos de forma imediata.